BUSCA   Line   Line  
Icon Facebook Icon Twitter Icon Linkedin Icon Instagram Icon Youtube
Idioma:         
Logo Banco da Família

HOME
Line
QUEM
SOMOS
Line
NOSSOS
PRODUTOS
Line
BLOG
Line
TRABALHE
CONOSCO
Line
ONDE
ESTAMOS
Line
DÚVIDAS
FREQUENTES
Line
FALE
CONOSCO
Line
OUVIDORIA
Icon Facebook Icon Twitter Icon Linkedin Icon Instagram Icon Youtube
Idioma:         

BLOG

Line

TODAS AS INFORMAÇÕES DO BANCO DA FAMÍLIA EM UM SÓ LUGAR

 
30 de outubro de 2019
Categorias Notícias

Lages já tem data para virar marca

Dentro das atividades do aniversário de 253 anos de Lages está a entrega da segunda etapa, e fase final, do Criaticidade, projeto que gerou no último semestre um movimento na busca de uma marca de valor para a cidade e região. Desenvolvido pela Glóbulo e co-criado em parceria com a iniciativa pública e privada, o resultado de pesquisas e diagnósticos foram transformados em branding e vai nortear um desenvolvimento dos potenciais da 8ª economia do Estado. As empresas Klabin, NDD, Banco da Família, Expert Engenharia, Flex, Transul, Engie, CJ Automotiva, Voskko, Posto Guarujá e Serrana Engenharia são os investidores do projeto inédito em Santa Catarina.

Caminhando a passos largos para um futuro planejado, a cidade de Lages, atualmente a 8ª economia de Santa Catarina, vai receber de presente dia 21 de novembro (dentro das celebrações do aniversário de 253 anos, celebrado dia 22 de novembro), a etapa conclusiva do projeto Criaticidade, um marco não só para o município, como para Santa Catarina, que terá sua primeira cidade elevada a marca de propósito. A Glóbulo, empresa de Florianópolis que há 14 anos ressignifica marcas, aceitou o desafio de, pela primeira vez, ressignificar a imagem de uma cidade considerando seus recursos naturais e humanos. “De forma resumida, serão entregues como conclusão do trabalho um direcionamento estratégico para os eixos econômicos, a marca da cidade em si e suas aplicações e um propósito para a cidade”, explica Diogo Machado sócio da Glóbulo, que encabeçou o projeto, que conclui: “Lages e região tem potenciais expressivos no Planalto Catarinense, nas mais diversas áreas, capacidades adormecidas que a Glóbulo veio evidenciar em parceria fundamental com a iniciativa pública e privada”.

O Criaticidade, que é 100% patrocinado pela iniciativa privada, começou com o levantamento de um diagnóstico da região através de 500 entrevistas, o que resultou num relatório entregue em julho passado ao Comitê Gestor do Plano de Desenvolvimento Municipal de Lages, PEDEM – que envolve poder público e iniciativa privada, abordando a realidade dos mais diversos setores sociais e econômicos. Mais de 2000 pessoas de frentes multidisciplinares nos seis eixos de desenvolvimento econômicos locais, a Cadeia da Madeira, Inova Serra SC (eixo de TI), Turismo e Comércio, EletroMetalMecânico, Agroalimentar e Saúde tiveram participação direta ou indireta no processo. Sobre a interatividade que o movimento gerou nas diversas esferas do município, o vice-prefeito da cidade, Julian Polese, afirma: “o Criaticidade é um dos movimentos mais importantes que estão acontecendo em Lages. Neste projeto, todos são protagonistas da mudança planejada que todos querem para o município e região. Todos podem participar do movimento. As opiniões e ideias de diversas pessoas e segmentos da sociedade permitem a construção de novos projetos e a consolidação de resultados que irão melhorar a vida de todos os lageanos”, e reforça a importância do envolvimento, “devemos ser proativos para que o Criaticidade realmente aconteça”.

Entre os dados relevantes do diagnóstico da primeira etapa do Criaticidade, percebeu-se, por exemplo, que Lages teve nos últimos 18 anos um crescimento populacional de apenas 0,03% e, apesar de uma economia forte, a cidade fica entre as cidades com maior nível de desigualdade social do estado. Por isso, entidades como a Câmara de Dirigentes Lojistas, também estão na linha de frente do Criaticidade e seu presidente, Marcos Gentil Tortelli Filho, afirma: “Para a CDL Lages o movimento tem como papel principal unir forças. São entidades e pessoas físicas trabalhando juntos por um mesmo propósito, buscar uma economia mais forte, novos investimentos e a ressignificação de Lages. A expectativa da segunda fase, é que com o diagnóstico em mãos, possamos desenvolver ações práticas, para o desenvolvimento econômico da cidade, em cooperação com toda a comunidade”. Opinião que converge com a Associação Empresarial de Lages, a ACIL, já que para seu presidente, Sadi Montemezzo: “O trabalho desenvolvido através do projeto Criaticidade vem de encontro ao que a ACIL sempre trabalhou, realizar ações que contribuam para o desenvolvimento econômico da Serra Catarinense. Agora é hora de unir forças e todos trabalharem juntos e comprometidos para dar continuidade a esse trabalho, só assim conseguiremos fortalecer a nossa economia e atrair novos investimentos o que irá refletir diretamente no desempenho da força econômica do município e da região”.

E como futuro, inovação e tecnologia convergem, outro agente importante neste processo tem sido o Orion Parque Tecnológico, e segundo Claiton Camargo, Diretor Executivo do Orion “a segunda fase do Criaticidade é muito importante, porque realmente a gente vai conseguir ter uma visão diferenciada de Lages, com o norte definido, e não apenas um monte de metas e planos sem um propósito. A partir desse deste propósito nós poderemos, realmente, traçar um alinhamento e um futuro pro plano de desenvolvimento econômico da nossa cidade”. Sobre todo o processo em si do movimento, Claiton ainda acredita na importância da série de fatores levantados que são extremamente e poderão alinhar estratégia de ação e a expectativa das lideranças da cidade. Opinião que também é abraçada por entidades mais tradicionais, como o SEBRAE, pois segundo Altenir Agostini, gerente regional do SEBRAE na Serra Catarinense: “A fase dois do Criaticidade está carregada de expectativas, pois a definição de propósito comum irá levar à convergência de esforços dos diversos atores. A partir desse marco, acredito que teremos a oportunidade de ver as coisas acontecerem com maior velocidade, as transformações necessárias começarão a se concretizar”.

Patrocinado pelas empresas Klabin, NDD, Banco da Família, Expert Engenharia, Flex, Transul, Engie, CJ Automotiva, Voskko, Posto Guarujá e Serrana Engenharia, e com total apoio da Prefeitura de Lages e demais entidades públicas, o Criaticidade vai ser apresentado pela Glóbulo dia 21 de novembro em evento no Teatro Marajoara, e disponibilizado publicamente através de um portal onde todos terão acesso para pesquisa.

Por: Kalyta Camargo & Giuliana Korzenowski

Organika – Comunicação, Marketing e Network