BUSCA   Line   Line  
Icon Facebook Icon Twitter Icon Linkedin Icon Instagram Icon Youtube
Idioma:         
Logo Banco da Família

HOME
Line
QUEM
SOMOS
Line
NOSSOS
PRODUTOS
Line
BLOG
Line
TRABALHE
CONOSCO
Line
ONDE
ESTAMOS
Line
DÚVIDAS
FREQUENTES
Line
FALE
CONOSCO
Line
OUVIDORIA
Icon Facebook Icon Twitter Icon Linkedin Icon Instagram Icon Youtube
Idioma:         

BLOG

Line

TODAS AS INFORMAÇÕES DO BANCO DA FAMÍLIA EM UM SÓ LUGAR

 
27 de outubro de 2017
Categorias Quem faz o BF

Quem Faz o BF: Karina Matos Freitas

RH – Conte um pouco da sua trajetória no Banco da Família?

Falar sobre o Banco da Família é falar sobre grande parte da minha história. Iniciei minhas atividades na instituição em 02 de janeiro de 2002 como agente de crédito e estava à procura de realizar algo que se identificasse com meus valores pessoais. Através da UNIPLAC, participei do projeto BQT – Bairros que Trabalham, me identifiquei com a vivência e aprendizado junto aos pequenos empreendedores, pois realizávamos visitas aos negócios formais e informais. Assim há mais de uma década aqui estou e tenho certeza que encontrei o local certo.

RH – Qual a importância do BF em sua vida?

O Banco da Família com certeza é muito importante na minha vida. Muitas das minhas conquistas pessoais caminharam junto com minha trajetória profissional. Fiz minha primeira pós-graduação, na época com a parceria de um convênio entre o Banco e a UNIPLAC, onde também tive o auxílio da instituição para concluí-la. Casei, tive meus dois filhos. Reformei e reestruturei minha casa, tive a oportunidade de adquirir meu primeiro carro e também tirei minha habilitação.

RH – Quais foram as mudanças na instituição que você percebeu ao longo destes anos?

Aqui vivenciei e acompanhei as mudanças e melhorias na instituição. Quando iniciei éramos apenas 12 funcionários, hoje somos 90, um crescimento surpreendente. Vi o banco expandir e atravessar fronteiras, levando também a outras praças o seu propósito de melhorar a qualidade de vida das pessoas. Também procurou profissionalizar-se e melhorar seus processos, buscando crescimento contínuo e sempre visando manter a qualidade.

RH – Qual a mensagem que você deixa para os colaboradores que estão iniciando na nossa Instituição?

Sempre gosto de dizer aos colegas que estão iniciando no banco para que se permitam conhecer, aprender e principalmente vivenciar esta experiência maravilhosa que é o microcrédito. Compartilhar desta missão mudará não só a vida dos clientes que irá atender, mas também a sua e tenho certeza que jamais serão os mesmos.

RH – O você gostaria de dizer a equipe do Banco da Família?

Me sinto feliz e honrada em ser uma das colaboradoras de mais tempo na instituição. Vejo a permanência e a solidificação desse sonho na visão de futuro do banco em permanecer expandindo. Sabendo que quem concretiza tudo isso, somos nós mesmos onde juntos e unidos somos responsáveis pelo sucesso desse projeto. Também vi ao longo desses anos o banco fazendo a diferença na vida de seus colaboradores, eu sou uma delas, sei que evolui imensamente como profissional e também como pessoa. Outro dia li uma mensagem da ONU, que dizia: ‘‘UM PEQUENO EMPRÉSTIMO, PODE MUDAR A VIDA DE UMA FAMILIA; VÁRIOS PODEM FORTALECER UMA COMUNIDADE; MILHARES PODEM TRANSFORMAR UMA ECONOMIA INTEIRA”. Acredito que essa mensagem vem de encontro a todo o trabalho que realizamos e nos incentiva na importância de continuarmos, pois com certeza o microcrédito faz toda a diferença na vida das pessoas. Me sinto plena e feliz pois tenho a cada dia a oportunidade, através de meu trabalho, de ajudar indivíduos em seus projetos, fortalecer uma comunidade e assim transformar uma economia para melhor!

“Nascemos para sermos PONTES, muito mais do que MURALHAS”. (Karina Matos Freitas)